o Presidente do SINFIATEC, Sr. Pedro Leal da Silva Neto, membros da diretoria e varias empresas associadas participaram na noite desta quinta feira dia 25 da palestra: O Futuro da minha cidade, atualmente, Rio do Sul ocupa uma das melhores colocações no Estado entre os índices de desenvolvimento, mas, para o vice-presidente da FIESC Alto Vale, André Odebrecht, a participação da comunidade é essencial para evitar a estagnação do cenário econômico nos próximos 20 anos. "A sociedade sabe das demandas que a cidade tem e, com essa ligação, nós conseguimos efetivar o avanço muito mais rápido do que o poder político-partidário", comentou André. Durante a fala na abertura do evento, o presidente do SINDUSCON de Rio do Sul, Marcos Melchioretto, destacou a importância do planejamento estratégico. "Todos os setores acabam ganhando, porque podemos tirar o potencial de cada bairro e estudar a melhor forma de crescimento", afirmou.

 

A primeira palestra foi conduzida por Marcella Arruda, que também é coordenadora do Núcleo de Projetos do Instituto “A Cidade que Precisa de Você”. Desde 2012, o instituto auxilia na criação de cidades mais criativas e sustentáveis. Durante a apresentação, ela citou as ferramentas que constroem a união da sociedade. Na avaliação que fez de Rio do Sul, destacou os espaços naturais que podem ser melhor aproveitados. "Pelos índices, você percebe que existe uma qualidade de vida urbana aqui. Mas ainda há muitos paradigmas, como o problema da mobilidade urbana", comentou ela, destacando o grande número de automóveis do município. "Em uma cidade repleta de rios e que não tem transporte pluvial, você está ignorando um potencial que ela apresenta", concluiu.

 

No segundo momento, a apresentação de Silvio Barros trouxe o case de sucesso da administração municipal de Maringá, que serviu de base para a criação do projeto “O Futuro da Minha Cidade”. Pelo segundo ano consecutivo, a cidade paranaense foi considerada a melhor do país para se viver, por um levantamento social realizado pela Macroplan. Barros destacou o protagonismo assumido por Maringá e a importância do Conselho de Desenvolvimento Municipal. "A cidade precisa começar a pensar no futuro, 20 anos na frente. Assim como nós fazemos planos para a vida, as cidades precisam fazer. Você tem que plantar para poder colher", destacou o ex-prefeito e empresário.

 

O evento é uma realização da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e do SINDUSCON de Rio do Sul, em parceria com a FIESC Alto Vale por meio do Departamento Nacional do SESI. O projeto tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio do CODENSUL e da UNIDAVI. Rio do Sul foi a 4ª cidade catarinense, neste segundo semestre, a receber a iniciativa da CBIC, que está sendo realizada em âmbito nacional.

 

O público presente assinou uma lista dos “Apaixonados pela Cidade”, que será usada pelo CONDENSUL para a sequência das discussões e atividades. O Futuro da Minha Cidade segue as seguintes etapas: Sensibilização, mobilização, institucionalização, formalização, legalização, operacionalização, planejamento, acompanhamento e avaliação.

 

Debora Claudio - Jornalista

 

Contato


captcha
Powered by BreezingForms

Localização


Rua Alameda Bela Aliança, 06 - Jardim América ⁞ Rio do Sul/SC ⁞CEP:89160-172 ⁞Telefone: (47) 3521-0129